Gastrite Nervosa – Sintomas e Tratamentos

A gastrite é uma inflamação no revestimento do estômago. As principais causas são excesso de álcool, ansiedade, nervosismo, estresse e muita tensão. Também pode ser provocada por bactérias que vivem no revestimento do estômago, que sem o devido tratamento podem causar gastrite e até mesmo úlcera estomacal. A gastrite enfraquece a parede do estômago permitindo que os sucos digestivos causem danos à cavidade estomacal provocando dores e enjoos. Em casos extremos a gastrite pode causar sangramentos estomacais.

Mulher com as duas mãos em cima da região do estômago simulando sensação de dor

Vários podem ser os fatores para uma gastrite, como o uso excessivo de anti-inflamatórios, alcoolismo e idade avançada. Um dos fatores mais comuns para a gastrite é o estresse, que provoca uma liberação maior de ácidos estomacais.

Quais são os Sintomas da Gastrite Nervosa?

A gastrite decorrente do estresse pode gerar diversos sintomas, sendo os mais comuns:

  • Dores constantes na região do estômago;
  • Sensação de enjoo;
  • Azia;
  • Perda de apetite;
  • Mau hálito;
  • Barriga inchada;
  • Dor de cabeça;
  • Mal estar geral.

É possível controlar a Gastrite Nervosa?

Sim, é possível controlar a gastrite nervosa com uma dieta leve. Alimentos picantes e frituras devem ser evitados. Comidas e bebidas ácidas, como por exemplo abacaxi, laranja, limonadas e refrigerantes também devem ser retiradas do cardápio. Condimentos como pimentas, vinagre, alho e alimentos em conserva também são agressivos ao estômago e podem piorar o caso de gastrite. Evitar o consumo excessivo de café de estômago vazio e chá preto é uma forma de amenizar os sintomas da gastrite.

Xícara branca com café dentro em cima de um pires branco com uma colher ao lado

Para controlar a gastrite nervosa é igualmente necessário trabalhar no controle emocional, uma vez que o estresse é um dos principais fatores causadores da gastrite nervosa.

Quais alimentos posso incluir na dieta?

  • Frutas como maçã, banana, mamão e goiaba são algumas frutas não ácidas que são benéficas na dieta para controlar a gastrite;
  • Alimentos com lactobacilos, como iogurte e queijo. Nutricionistas afirmam que alimentos com lactobacilos são benéficos para a reconstrução da parede do estômago, evitando a inflamação provocada pela gastrite;
  • Carnes magras, principalmente frango e peixe. Preferencialmente assados ou grelhados;
  • Café descafeinado;
  • Vegetais em geral, principalmente em momentos de crises de gastrite. A ingestão de vegetais cozidos pode aliviar a dor e o desconforto;
  • Biomassa de banana verde, geralmente usadas em receitas veganas, são extremamente benéficas na recuperação do tecido estomacal. Para obter biomassa de banana verde é necessário bater em liquidificador a banana verde cozida ainda quente;
  • Suco verde, pode ser de couve com maçã, linhaça com folhas escuras, suco de pera com salsinha, sempre evitando ingerir alimentos ácidos.

Montagem contendo mamão cortado ao meio, bananas e maçãs

Como Tratar uma Crise de Gastrite Nervosa em Casa?

Há remédios caseiros como o suco de batata e o chá de espinheira santa.  Para fazer o suco de batata é necessário ralar uma batata descascada e em seguida espremer a batata ralada num tecido. O caldo extraído deve ser bebido puro e em jejum sempre que sentir os sintomas da gastrite. Outra opção prática é comer a batata crua.  O chá de espinheira santa é feito com folhas da planta e água fervente. Deixar em infusão por 10 minutos. É indicado tomar o chá em jejum antes das refeições, para amenizar os sintomas da gastrite. Ambas opções de remédios caseiros possuem propriedades regenerativas e anti ácidas, aliviando os sintomas da gastrite nervosa.

Além do chá de espinheira santa, os chás de hortelã e alecrim são calmantes estomacais, sendo altamente benéficos durante os períodos de dores, uma vez que diminuem a acidez do estômago. O chá de hortelã age aliviando a má-digestão, dores e enjoos. O chá de alecrim é digestivo e alivia sintomas de má-digestão, dores estomacais e estresse. O suco de banana e pera também são boas opções para o período de crises já que as duas frutas são ricas em fibras que garantem o bom funcionamento do estômago e diminuem a inflamação no revestimento do estômago.

Como evitar uma Crise de Gastrite Nervosa?

As crises de gastrite nervosa são comuns em épocas de provas ou de extrema tensão emocional.  Isso é comum nessas situações uma vez que o sistema nervoso estimula a produção de ácido clorídrico no estômago, provocando a inflamação. Uma parte essencial do tratamento da gastrite é o controle emocional, uma vez que estresse é a principal causa da gastrite nervosa. Esportes, meditação e terapia são formas eficientes de evitar ansiedade e tensão. Somados com uma dieta balanceada é possível controlar e até mesmo evitar crises de gastrite nervosa.

 

Fontes:

https://www.redalyc.org/html/3959/395940098009/ 

https://www.ingentaconnect.com/content/doaj/01026720/2012/00000025/00000002/art00007

http://www.scielo.br/pdf/%0D/jbpml/v42n1/29918.pdf

 

Deixe uma resposta